Disse a Polícia que estava jurado de morte e foi e excutado horas depois

Assassinos chegaram de moto, invadiram a casa dele e tome-lhe tiros

Por Jesimiel Ferreira 11/08/2017 - 11:15 hs
Foto: Álbum da família
Disse a Polícia que estava jurado de morte e foi e excutado horas depois
José Neto

Poucas horas depois de ir à Delegacia de Polícia dizer que estava sendo ameaçado de morte, José Neto de Sousa, 17 anos, foi executado à tiros, dentro dr casa, por dois homens que segundo testemunhas, estavam em uma motocicleta. 

O crime ocorreu no bairro do Mutirão, em Sousa, Sertão da Paraíba, na noite desta  quinta-feira (10). 

 

Da Redação